sexta-feira, 19 de março de 2010

Noticias nossas

Em primeiro lugar obrigada a todas pelas mensagens de força que continuam a chegar todos os dias.

Fez ontem 2 meses que a minha estrelinha foi para o céu!
A minha mamã continua a fazer-me imensa falta, as saudades aumentam de dia para dia e os meus olhos ainda não enxugaram desde que partiu, mas a nossa fonte de energia e transmissora de alegria, mais conhecida pela princesa Tiz, é inesgotável. Esta miúda anda sempre com um sorriso nos lábios, quem está à volta dela tem de sorrir pois é contagiante! Nem que seja de passagem, é gratificante levar a Tiz a ver o avô e os bisavós, pois os motivos para sorrir presentemente não são nenhuns, mas esta princesa é com certeza a excepção.

Ainda não tinha feito referência que a Tiz entrou para a natação já à quase 4 meses.



A natação para bebés é indicada para o desenvolvimento da coordenação motora, sensorial e sociabilização. As diferenças e o à vontade da Beatriz dentro de água são notórias.

Na primeira aula fomos os 3 para a piscina, nas seguintes ou vou eu ou o papá, para além de ser um momento divertido das manhãs de sábado, sentimos que lhe está a fazer maravilhas, fazemos muitos exercícios lúdicos e assim desenvolve o seu relacionamento com o meio aquático.

Este vídeo é da 2ª aula de natação, estando agora muito mais solta dentro de água, até já faz imersões, e com a ajuda da contagem "1...2... 3!!!" já começa a perceber quando vai dar o belo do mergulho e já sustem a respiração, se se distrai, é um pirolito na certa.


12 de Dezembro 2009

"O bebé já está adaptado ao meio liquido desde a gestação, onde são capazes de fazer movimentos natatórios, demonstrando uma série de reflexos, comuns na primeira infância. A natação é importante para o desenvolvimento físico, para a formação cognitiva e afectivo-social da criança, desenvolvendo sua personalidade e inteligência. Estudos demonstram que crianças têm um melhor rendimento escolar quando iniciadas precocemente na natação. A partir do 6º mês de vida, a adaptação do bebé ao meio aquático já está indicada, transformando o medo do desconhecido num ambiente alegre e de prazer."